7 de ago de 2013

Resenha de Para Sempre

Informações:
Titulo: Para Sempre
Autores: Kim Carpenter; Krickitt Carpenter
ISBN: 9788581630083
Selo: NOVO CONCEITO 
Ano: 2012
Edição: 1
Número de páginas: 144
Formato/Acabamento: 16x23x1
Peso: 0.227 kg
Área Principal: NÃO-FICÇÃO
Assuntos: BIOGRAFIA 
Preço Sugerido: R$ 24.90


Sinopse: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.



Por Luciana M.

Assim que lançaram o livro eu fiquei morrendo de vontade de ler, e me recusei a ver o filme antes de ler, então finalmente chegou o dia tão esperado, e comecei a ler "Para Sempre".
Achei o começo do livro bonitinho, Kim contando como ele conheceu a mulher que se tornaria sua esposa, contou como eles começaram a namorar, e sobre o casamento.
Logo depois começou a falar do acidente que fez com que sua esposa esquecesse dos últimos meses de vida, os quais ela havia conhecido, namorado, noivado e casado com Kim.

Kim descreve como ele esteve do lado de sua esposa durante a recuperação dela, e como foi difícil passar por tudo que eles passaram em tão pouco tempo de convivência.
O livro fala mais da fé e do amor, do que de romance. Até a parte da recuperação de Krickitt teve bastante detalhes, mas a parte que ele reconquista sua esposa, foi muito rápida, quase sem detalhe.

Achei um livro bom, conta sobre a história de um casal real, que superou dificuldades logo no começo do casamento, e que continuam juntos até hoje, mas faltou um pouco de romance na história.

Vou comentar um pouco sobre o filme, a única coisa que ele tem em comum com o livro é que a mulher perdeu a memória toda sobre o marido, tirando isso, é tudo diferente.  Se você quer ver o filme, mas prefere ler o livro antes (que nem eu), não precisa, dá pra ver o filme que não interfere em nada na história do livro.

Avaliação


Um comentário:

  1. Eu não vi o filme, fiquei apenas com o livro. Achei a história incrível, reconquistar a mulher novamente, uma lição, pois hoje em dia os casais se separam ao mínimo sinal de problemas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir