• Resenha: A Outra Vida

  • Resenha: A Menina Que Semeava

  • Resenha: O Substituto

31 de mai de 2012

Lançamentos de Junho da Editora Intrínseca


1/6 – O torreão, de Jennifer Egan – Vencedora do Pulitzer de Ficção de 2011 por A visita cruel do tempo, em O torreão Jennifer Egan subverte os limites entre realidade e imaginação nesse romance neogótico sobre a bizarra estadia de Danny em um castelo medieval na Europa. 








11/6 – Vaclav & Lena, de Haley Tanner – Em seu romance de estreia, o autor prova que “felizes para sempre” nunca é uma conclusão garantida. Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro, mas o abrupto desaparecimento de sua amada marcará as noites de Vaclav pelos sete anos seguintes.








15/6 – Desejos dos mortos, de Kimberly Derting – No segundo livro da série The Body Finder, Violet Ambrose continua tentando manter seu segredo — o dom de encontrar os corpos de vítimas de assassinato —, mas involuntariamente torna-se objeto de uma perigosa obsessão. Ao mesmo tempo, ela se dedica a investigar a família do recém-chegado Mike, novo amigo de Jay, e acaba descobrindo uma verdade capaz de colocar todos eles em perigo.






15/6 – Abraham Lincoln: Caçador de vampiros, de Seth Grahame-Smith - Edição especial com capa inspirada no cartaz do filme sobre a história do famoso presidente dos EUA, um exímio caçador de vampiros e outros seres sobrenaturais.







 

18/6 - Resposta certa, de David Nicholls Na comédia de David Nicholls, autor do best-seller Um dia, o ano é 1985, e o estudante universitário Brian Jackson apostas todas as suas fichas em um programa de TV para conquistar a garota de seus sonhos.








 22/6 – Caminhos de sangue (Blood Red Road), de Moira Young – Vencedor do Costa Children’s Book Award em 2011 e do BC Book Prizes 2012, o primeiro livro da série Dustlands é uma aventura grandiosa, ambientada em um mundo futurista e violento. Na série distópica, Saba e seu irmão gêmeo, Lugh, sempre viveram no deserto da Lagoa de Prata. Quando uma gigantesca tempestade de areia chega trazendo quatro cavaleiros encapuzados, Lugh é capturado e Saba embarca em uma longa jornada para resgatá-lo.









30 de mai de 2012

Resenha: Esmera



A história fala de um mundo paralelo ao mundo real. Esmera, um mundo mágico, habitado por fadas, duendes, bruxos, ogros, trolls, sacerdotes, dragão, demônios enfim... todos os seres de histórias infantis. A família real Magnus quase toda foi dizimada. O usurpador Baltazar, meio irmão do rei, queria o trono e poder. Mandou matar a família toda, rei, rainha e as duas filhas, contudo a mais nova, Anika, fora levada para a Terra e colocada aos cuidados de um padre.
Após 15 anos de espera, Baltazar descobre onde está a menina e manda os demônios a matarem e cumprirem o que era combinado. Mas a resistência consegue interceptar e resgata a menina. Sem saber quem era, de onde era, Annia pensava que era órfã. Jamais imaginou que era de um mundo mágico. Teve que aprender e saber tudo o que aconteceu nesses anos.
Anika teve muitos amigos e inimigos, mas algo estava a aguardando.  Uma guerra, ela era a nova vida ao mundo deles. Será que a pequena princesa consegue?


Nota da Milena: Ideia interessante que a autora A. P. Ribeiro teve, contudo não foi bem executada. Senti falta de mais continuidade nas cenas. Existem erros de concordância, palavras erradas, falas fora de ordem, como por exemplo, dentro de um parágrafo fala de dois personagens diferentes. Erro de artigo, quando um homem fala a palavra ‘obrigado’ tem que estar no masculino e não no feminino. Cortes de cena. Pensamentos vagos. Senti falta de uma boa revisão e de betas readers.  

Nota:


Serviço:


Título Original: Esmera
Autor: A. P. Ribeito
ISBN 9788560434619
Gênero: Romance. Literatura brasileira
Páginas: 170
Formato: 14x27
Editora: Porto de Ideias




28 de mai de 2012

Dica de Segunda - Helena





Sinopse:  Filha bastarda do conselheiro Vale, a jovem e bela Helena é reconhecida por ele em testamento e passa a viver na mansão da família. Só então conhece Estácio, apresentado a ela como seu irmão. Mas entre eles despertou o amor. E agora? 



Hoje a minha dica de leitura é Helena de Machado de Assis.
Eu comprei este livro para a escola, mas os professores nunca pediram para ler, então eu li nas férias porque não tinha nada melhor para fazer.
Mas eu ADOREI o livro e começou um hábito terrível que não consigo perder até hoje, quando gosto muito de um livro e fico agoniada e leio as últimas linhas. As vezes não entendo nada, mas as vezes estraga um pouco.
Lembro que após ler o final e não ter entendido como chegou aquilo, fiquei muito triste e quis desistir de ler o livro, mas a história é tão boa que eu me conformei e li até o final, depois chorei horrores.


Eu realmente gostei de Helena, vou reler com certeza assim que tiver um tempinho.

27 de mai de 2012

Lançamentos - Meg Cabot

Pois é, hoje o destaque é da autora e não da editora. Porque? Porque todo mundo a Meg Cabot! Ela escreve de tudo e faz sempre de forma magnifica. E claro, a Galera Record fez o favor de trazer essas maravilhas pra gente aqui no Brasil! Então, vamos lá...

Mordida, sequencia do livro Insaciável

Sinopse:
O poder especial de Meena Harper finalmente será valorizado. A Guarda Palatina - uma poderosa unidade secreta que caça demônios - a contratou para trabalhar na filial de Manhattan. A questão é: seu ex-namorado, Lucien Antonesco, é filho do Drácula e o príncipe da escuridão. Tudo bem, Meena decidiu que já chega de vampiros em sua vida... Ao menos até que consiga provar que, mesmo não tendo alma, os seres demoníacos não perderam a capacidade de amar.

Insaciável, a relutante estréia vampírica de Meg Cabot, arrancou suspiros e risos de muitos leitores por aí, não dá pra perder essa continuação!




Partindo dos livros Young Adult que levaram o nome de Meg ser o que é hoje, e voltando para as primeiras publicações de Meg, com passagens mais adultas e ainda assinados como Patrícia Cabot... Eu estava casualmente vagando pelo site de uma certa livraria quando encontrei nada mais nada menos que um dos meus livros preferidos da minha amada Meg/Patrícia:


Retrato do Meu Coração, publicado originalmente em junho de 1999, finalmente chegou ao Brasil! Acho que foi uma das melhores notícias da minha semana.

Retrato do Meu Coração é uma espécie de spin-off de A Rosa do Inverno (originalmente Where Roses Grow Wild e publicano no Brasil pela Editora Planeta/Essência). No segundo livro de Meg (segundo livro publicado em sua carreira), vemos a história de Maggie e Jeremy, que conhecemos ainda crianças em A Rosa do Inverno, e suas vidas como adultos. 

No passado, a desengonçada Maggie Herbert vivia às turras com os meninos, entre os quais o futuro duque de Rawlings, mas tudo se resumia a provocações e brigas. Agora adultos, eles se reencontram. Porém tudo parece conspirar contra a paixão recém-descoberta. Será que os jovens conseguirão vencer preconceitos - dos outros e os próprios - em nome do amor? 

Não tenho como definir o livro com qualquer palavra se não "perfeito". Romance, intriga, lutas e cenas super engraçadas... um livro lindo que eu tenho certeza que todos vão gostar. Mas atenção: LIVRO NÃO RECOMENDADO PARA MENOS DE 18 ANOS.

26 de mai de 2012

Resenha - Ghostgirl

Ghostgirl - Como ser popular depois da morte


Editora: Ediouro
Autor: TONYA HURLEY
Ano: 2011
Número de páginas: 320
Sinopse: Charlotte Usher está no último ano do ensino médio e se sente praticamente invisível na escola, até que um dia fica invisível de verdade. Pior ainda: morre. E tudo por causa de um cara e uma bala de goma. Mas ela está tão desesperada para ser popular que o desejo permanece mesmo após sua morte repentina. Aproveitando suas habilidades de fantasma, Charlotte não descansará enquanto não conseguir o amor de Damen, o garoto dos seus sonhos. Romance de estreia da autora e cineasta Tonya Hurley e best-seller da lista do New York Times, o livro foi traduzido para mais de vinte idiomas, incluindo francês e espanhol, e é o primeiro volume da trilogia Ghostgirl.
 



Charlotte nunca fora notada enquanto viva, então quando passa um verão inteiro se preparando para a volta as aulas, para se tornar popular e conquistar o rapaz por quem é apaixonada um tempão, tudo dá errado e quando a sorte parece melhorar, ela morre.
Seria engraçado se não fosse trágico sua morte. Pois nem assim foi notada, teve gente que usou a morte dela para aparecer, ou então para sair mais cedo da escola, mas ninguém sentia sua falta, ou jamais notaram a sua presença.

Fico me perguntando como ela não tinha uma única pessoa na escola que era sua amiga, o que ela fez ou deixou de fazer para nunca ter ficado amiga de ninguém, até o mais nerds dos nerds tem algum amigo!!!
Enfim, devo acreditar que ela era tão obcecada pelo Damen que não deve ter reparado em ninguém que tenha tentado se comunicar com ela, só pode ser isso.

Mesmo depois de sua morte, ela não consegue deixar de pensar no que ela faria para ser popular e conquistar Damen, e continua fazendo de tudo para que isso aconteça, ignorando o que seus colegas de classe da Educação Especial para os Mortos diziam quando ela tentava mais e mais permanecer no mundo dos vivos. Ela também não levou em consideração a vida de uma pessoa que queria ajudá-la, mas acabou juntando um casal que parecia impensável naquele colégio.
Mas como toda jornada tem lições a serem aprendidas, esta não foi diferente, apesar de tarde, foi bem aprendida.

O livro é muito gosto de ler, apesar deu ter me irritado muito com essa obsessão dela de ser popular e de que Damen tinha que ser dela a todo custo. Gostei muito da Scarlet, minha personagem favorita.
Achei a arte do livro muito legal, adorei as citações nas páginas dos capítulos (até conhecia algumas) e das ilustrações também.

Desde que eu li a sinopse eu sabia que eu iria adorar o livro, só tem um problema, quero ler a continuação e não tenho o livro, tragédia!!!!

25 de mai de 2012

Resenha: Pão-de-Mel



Editora: Galera
Autor: RACHEL COHN
Ano: 2007
Número de páginas: 224
Sinopse: Depois de ser expulsa do colégio interno, a selvagem, obstinada e viciada em café Cyd Charisse volta a São Francisco para viver com a mãe e o padrasto. Mas para ela, não há como sobreviver neste lar imaculado: Cyd quer ser livre, e não se importa em quebrar as regras. Mas quando sua rebeldia sai do controle, seus pais a despacham para Nova York para passar o verão com seu pai biológico, Frank. O que ela não esperava era que o verão na cidade não corresse como ela planejara - e Cyd está longe de ser o que a nova família imaginava




Eu ganhei este livro, vou ser sincera e admitir que eu queria ter ganhado outro na época, mas hoje estou muito feliz de ter ganhado este, porque após lê-lo, vi que é um livro muito bom.

Bem no começo eu estranhei a Cyd ficar falando da boneca, apesar dela ter explicado que era a única coisa que seu pai biológico lhe deu na vida, eu entendi o motivo de ser tão apegada a ela. Mas ela carregava sua boneca para onde ia, falava com ela e imaginava que ela a respondia, isso é estranho para uma adolescente de 16 que já havia passado por muitas coisas na vida.
Enfim, tirando isso, o livro é bem legal.

A Cyd não tem muitos amigos, não se dá bem com sua família, quer fazer o que quiser e não ser castigada por isso. Como Pão Doce disse, ela é mimada.
Por falar em Pão Doce, esse livro tem uns nomes bem esquisitos, como o nome do namorado de Cyd, Siri, a própria Cyd Charisse. Os nomes da mãe e do padrasto dela não são estranhos, mas eu ri muito quando foi mencionado pela primeira vez, Sid e Nancy.

Voltando ao assunto “poucos amigos”, ela tinha voltado do colégio interno onde aprontou muito com seu namorado Justin, que foi expulsa pelo comportamento. Neste colégio ela havia tentado ser popular e conseguiu quando se envolveu com o Justin, que não era um envolvimento muito profundo, era físico mesmo. Então não houve sofrimento com o rompimento deste relacionamento, e sim o que este relacionamento causou na vida dela. Deixou um vazio nela. Eu gostei bastante da Cyd, senti que ela precisava de uma amiga legal para quem contar seus segredos e pedir conselhos, para chorar com ela.

Então quando volta, conhece Pão Doce que é uma senhora que ela continuou visitando após o término da sua detenção. Ficaram amigas e lá onde Pão Doce morava conheceu Siri, seu grande amor, mas que ela tinha umas quedinhas pelo seu irmão, isto não tinha como negar.

Eles acabam dando um tempo quando Cyd fica de castigo e Siri percebe que eles passam muito tempo juntos e que ele queria mais tempo para surfar e pintar. Cyd não gosta nada disso, mas com a infelicidade que seu castigo estava causando em casa sua mãe e padrasto resolvem mandá-la para Nova York para conhecer seu pai biológico e seus meios-irmãos.

Claro que um pai que nunca se envolveu na sua vida não iria virar da noite pro dia o melhor pai do mundo, como ela esperava, mas com seu irmão Danny teve uma ligação assim que se viram. Gostei muito dos momentos que ela teve com Danny e como barista em seu estabelecimento. Porém o começo que ela teve com sua irmã não foi muito bom, mas elas conseguiram não se estranhar muito no final.

Com a ida a Nova York, Cyd conseguiu pensar melhor sobre as coisas e amadureceu um pouquinho.
Mas só terei certeza disso lendo o segundo livro.

24 de mai de 2012

Book Trailer: Hades - Alexandra Adornetto

A Editora Agir divulgou hoje o Book Trailer de "Hades",segundo livro do best-seller Halo de Alexandra Adornetto.




Lembrando que o livro foi lançado no início deste mês.

22 de mai de 2012

Resenha: Eu, Alex Cross




Informações:

  • Editora: Arqueiro
  • Autor: JAMES PATTERSON
  • ISBN: 9788580410334
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2011
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 224
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio


Sinopse:
Numa noite de festa, Alex Cross recebe uma notícia chocante O detetive está comemorando seu aniversário quando atende a um telefonema informando que sua sobrinha, Caroline Cross, foi brutalmente assassinada. Ele jura que vai capturar o criminoso e logo descobre que Caroline estava envolvida com prostituição e não foi a única vítima. Garotas de um clube privativo desaparecem misteriosamente Atrás de pistas do assassino, Alex e a namorada, a detetive Brianna Stone, vão a um lugar onde é possível realizar qualquer fantasia, desde que se conheçam as pessoas certas para entrar. É lá que um homem misterioso e de gosto excêntrico, autodenominado Zeus, sacia seus desejos. Um mistério que pode abalar o mundo Alex e Bree percebem que terão que enfrentar figuras muito importantes, perigosas e bem protegidas, das mais altas esferas da sociedade. E uma coisa é certa: elas farão de tudo para manter seus segredos.















Alex está em casa com a família curtindo seu aniversário, quando recebe uma ligação que o informa que sua sobrinha Caroline foi brutalmente assassinada. A partir daí o detetive parte numa minuciosa investigação e descobre que sua sobrinha estava ligada a uma rede de prostituição extremamente exclusiva, na qual grandes figurões de Washington e até mesmo da casa branca estão envolvidos.
James Patterson tem uma narrativa muito boa, a forma como ele narra os pontos de vista(são muitos) o leitor não se perde.
No início com toda a história pessoal de Alex, mesmo quem não leu os anteriores (Eu, Alex Cross é o 16°), consegue se “localizar” na história.
A trama é bem entrelaçada, e as cenas dos assassinados narrados por Patterson, são tão fortes, tão reais que chegam a assustar.
Confesso que não li muitos livros deste gênero, mas as páginas deste título, parecem virar sozinhas, na ância de descobrir, quem é Zeus, de quê forma esses crimes estão ligados a casa branca. Logo, os figurões da alta escala de lá, ficam com os nervos a flor da pele.
Tentando também descobrir quem é Zeus, além disso ficam na cola Alex,  que também está investigando o caso.
Dentro de seu drama familiar com sua avó internada, Alex se vê dentro de um caso que pode abalar o mundo, e tenha certeza ele irá até o fim.
O clímax o livro é intenso, e bem amarrado, James Patterson consegue prender o leitor, a cada novo acontecimento, a cada virada de página você quer que logo o livro chegue ao fim para que você e Alex montem um complexo quebra-cabeças, e descubra por quem está por trás dele no final.

Dica de Terça: Derby Girl








  • Sinopse:
    Bliss Cavendar é fã de indie-rock, tem 16 anos, é adorável e excêntrica, mas vive presa em Bodeen, uma cidadezinha do interior do Texas. A mãe, uma viciada em concursos de beleza, está decidida a fazer a filha se tornar uma verdadeira miss. Até que a menina finalmente descobre uma saída: Roller Derby, um esporte radical, só para garotas estilosas e divertidas como ela. E, junto com machucados horríveis e músicos muito gatos, ela vai aprender algumas lições que até mesmo uma descolada praticante de Derby não pode ignorar!

    Editora: Galera
  • Autor: SHAUNA CROSS
  • ISBN: 9788501086396
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2009
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 240
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio
Dica:

Este é mais um livro mulherzinha, mas este é fantástico, Bliss também vai conquistar você ! Já estou falar de Roller Derby ? Não, então você vai amar, Derby Girl, o livro em si é ambientado no interior, com a protagonista lutando para não cair na mesmice da sua cidade, até ai tudo bem. Num dia, ela sai com a amiga, para a cidade vizinha, e descobre o roller derby, faz um teste passa pro time e vira uma fera... Ops não posso contar mais spoiler, lembrando também que o filme é bem legal e tem direção da Drew Barrymore, que também atua nele, conta com a Juliette Lewis e a protagonista é a atriz de Juno ! Ambos valem super a pena !


21 de mai de 2012

Resenha: Halo



Editora: Agir
Autor: ALEXANDRA ADORNETTO
ISBN: 9788522012213
Ano: 2010
Número de páginas: 472 
Sinopse: Três anjos são enviados à Terra com planos de se misturarem aos humanos para assegurar a paz e trazer a bondade: Gabriel, o Herói de Deus, um antigo guerreiro que se disfarça de professor de música; Ivy, serafim abençoada com poderes de cura; e Bethany, a mais nova e inexperiente do grupo, enviada como uma jovem estudante para aprender sobre a humanidade. Após Bethany se encantar com a vida humana, ela começa a viver todas as experiências de uma adolescente normal, até se apaixonar por um rapaz e colocar toda a missão em risco. As forças do mal se aproveitarão dessa situação para pôr seus planos malignos em prática. Um romance de tirar o fôlego, que responderá a pergunta: será que o amor é forte o suficiente para vencer as forças do mal? 


Por Andréia Rosa
Com colaboração de Luciana Machado


A capa é bonita, não é? Chama logo a atenção do leitor, e a sinopse faz o livro parecer bem interessante. Foram por esses dois motivos os quais nos fizeram ler Halo.

Conta a história de três anjos que são enviados a terra, para uma pacata cidade dos EUA para protegê-la, são eles: Bethany, uma anja novata nunca antes enviada a terra. Ivy uma curandeira e Gabriel o arcanjo.

O começo do livro é bem lento e poderia ter sido resumido em uma página, foi o período de adaptação dos anjos na Terra. Coisa  a qual pode ter sido desnecessária foi o inicio ter sido tão longo sem realmente ter muita história a contar. Pela sinopse já sabemos que a Bethany é nova e que nunca veio a Terra antes, portanto a narrativa com muitos detalhes por vezes ao longo da história torna-se cansativa .

Independente disto, quando o romance começa com Xavier, acredito mais pelo fato dela ser completamente inexperiente em relações amorosas, o romance é meio clichê de “Não vivo sem você”, chega a ser bonitinho e fofo.
O romance é tranquilo e sem muitas dificuldades, levando em consideração que ela é anjo e tem suas limitações e que Xavier sofreu um trauma no qual perdeu sua namorada num trágico acidente. Xavier, por sinal  lida muito bem com o fato de que namorada é um anjo. 
Os personagens são bem construídos, o romance não vem do nada, tem uma certa evolução na história até que os dois fiquem juntos. E Xavier, é um mocinho sim, mais um personagem realista, que comete erros. O equilíbrio do casal protagonista vem um pouco da não perfeição de Xavier. Apesar de que na maior parte do livro os dois passam juntos.

Um das características que mostra o quanto Bethany é ingênua, é esta, a chegada de Jake no colégio, sim sempre aquele antagonista para atrapalhar os planos do casal sobrenatural apaixonado. E quando este chega, causando um certo furor e confusão, coisas estranhas começam a acontecer.  O que torna Halo um bom livro no todo é o ponto de vista no qual ele é contado, geralmente humanos sempre contam sua versão, sobre sua relação com criaturas sobrenaturais, e este é ao contrário, estamos vendo a perspectiva do sobrenatural a respeito dos humanos.
O clímax é bom, é apreensivo, porém sem muita ação, a história é boa apesar de uma narrativa cansativa,  Alexandra Adornetto conseguiu deixar seus leitores com muitas perguntas para o próximo volume.

20 de mai de 2012

Ruas Estranhas - Fantasy; Casa da Palavra



Um dos autores mais badalados do momento, George R. R. Martin (autor de As Crônicas de Gelo e Fogo, ou Game of Thrones) junto com Gardner Dozois, reune uma coleção de 16 histórias fantásticas urbanas assinadas por grandes nomes da literatura como Charlaine Harris da série True Blood, Conn Iggulden, Glen Cook, Patricia Briggs, Diana Gabaldon e outros autores de destaque. Nessas histórias nascidas da imaginação de escritores vencedores dos prêmios mais importantes do gênero, eles exploram mundos de vampiros sedutores, lobisomens assustadores, espíritos que ajudam humanos a solucionar mistérios, demônios, zumbis e outras criaturas que habitam nossos pesadelos.

As 16 histórias inéditas de Ruas Estranhas transitam com primazia no mundo do imaginário e dos enigmas, envolvendo o leitor de forma intensa, fazendo-o mergulhar em um mundo e situações que apenas mentes brilhantes poderiam criar.

Um livro para ler de uma só vez e com pouca luz. Se você tiver coragem.

Ele chega essa semana nas livrarias, com 496 páginas de arrepiar! Você quer saber mais? A Casa da Palavra disponibiliza uma prévia do conto A Dama Grita, de Conn Iggulden, pra você! Clique aqui e leia :)




E cuidado! O perigo está ao final de cada esquina.

Promoção Laços do espírito

Você é fã de Academia de vampiros ? Perdeu o o nosso evento mais tá afim de faturar o livro e as pulseirinhas ? O Resumo de Letras e a editora Agir vão te ajudar !


Basta seguir o Resumo de letras e a editora Agir no twitter (@ResumodeLetras/@agireditora), comentar no post da resenha (Saí na próxima semana) e retuitar a frase abaixo:

"A @agireditora e o @Resumodeletras vão me dar o kit de Laços do Espírito http://kingo.to/15ZM"

O resultado saí no dia 20/6 ! Boa sorte !

O Torreão - Jennifer Egan - Editora Intrínseca

A Editora Intrínseca divulgou a capa do seu próximo lançamento da autora Jennifer EganO torreão (The Keep), que será publicado 1º junho.

Para quem não conhece, Jennifer Egan é uma escritora norte-americana, vencedora do Pulitzer de Ficção e do National Book Critics Circle Award de 2011 por A visita cruel do tempo (também publicado pela Intrínseca), e presença confirmada na edição deste ano da Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) em julho.

Nascida em Chicago e criada em São Francisco, Jennifer Egan também é autora de The Invisible Circus , que em 2001 foi adaptado para o cinema tendo Cameron Diaz como protagonista.

A autora escreveu ainda Look at Me, finalista do National Book Award de Ficção em 2001; Emerald City and Other Stories; e A Ruína, best-seller nos Estados Unidos.

18 de mai de 2012

'Hajimete' Ageru! - Mangá


Autor/artista: Hoshimori Yukimo.
Ano de lançamento: 2009
Gênero: Romance, One Shot, Vida escolar, Shoujo.
Sinopse: Sayu ficou surpresa quando o garoto popular Yano se declarou para ela. Contudo, ela estava feliz de sair com ele. Mas quando outros começam a perguntar o por quê de Yano-senpai querer sair com alguém como ela, Sayu não para de se perguntar o motivo também...



Eu li este one shot (mangá de histórias pequenas, normalmente de 1 capítulo só) tem um tempinho, e resolvi reler para comentar, é bem pequeno, ótimo para passar o tempo, mas infelizmente não tem para comprar, só pela internet e em inglês mesmo.

A história é bem shoujo, ou seja, para meninas entre 10-18 anos, romance mesmo. Meu tema favorito em animes e mangás é shoujo, de vez em quando eu leio ou assisto outros tipos, mas prefiro shoujo.

Basicamente é sobre o começo do namoro deles, Yano se declara ela o aceita, as invejosas começam a botar minhoca na cabeça dela, eles têm o 1º encontro, e na escola ela é mais uma vez perturbada por namorar o rapaz cobiçado da escola, e ele a protege e revela o motivo dele tê-la notado e se apaixonado por ela.

É simples e fofinho, nada de mais, é para passar o tempo mesmo.

Aliás, one shot são excelentes para passar o tempo.

Agir anuncia a previsão do último volume de "Os Lobos de Mercy Falls"

A editora agir divulgou hoje, pelo seu twitter a previsão do último livro da trilogia "Os lobos de Mercy Falls", da escritora Maggie Stiefvater.
O último volume da trilogia chega por aqui em julho. Confira abaixo a capa e a sinopse:

Sinopse:
Em Shiver, de Maggie Stiefvater, Grace e Sam se encontraram. Em Linger, eles lutaram para estar juntos. Agora, em Forever, os riscos são ainda maiores que antes. Os lobos estão sendo caçados. Vidas estão sendo ameaçadas. E o amor fica mais difícil de continuar com a morte se aproximando.

16 de mai de 2012

Lançamentos de Maio da Editora Lua de Papel

O Encontro de Richard Paul Evans – Alan Chistoffersen é um jovem publicitário bem sucedido no amor e nos negócios. Porém, uma série de fatos transforma sua vida. Sua esposa sofre um grave acidente e deve passar por um tratamento intensivo, enquanto seu sócio aproveita o momento de distanciamento e rouba todo o dinheiro de sua empresa.
Após a morte da esposa e falido, Alan se vê sufocado pela sua realidade e decide iniciar uma jornada sem rumo, somente com uma mochila nas costas. Uma busca por respostas e um tempo para tentar pensar o que fazer de sua vida.
Escrito por Richard Paul Evans, autor Best-seller do The New York Times, O Encontro é a primeira história série Caminhos, que traz neste primeiro livro uma história emocionante sobre o que fazer quando surgem grandes adversidades na vida e o que podemos aprender com esses momentos.
 
 


O Escolhido de Hannah Howell – Inglaterra, verão do século XVIII. Um homem nu aparece no roseiral da famíliade LoreleiSundun.  Ao contrário de gritos ou pedidos de socorro, algo que se esperava da maioria das mulheres de sua época, Lorelei oferece ajuda, pois percebe o embaraço do rapaz, que não sabia onde estava. Ela nunca ouvira falar da família de Argus Wherlocke, nem sobre os dons paranormais comuns entre os membros desta família.
Porém, arrebatada por uma súbita paixão e munida de coragem, ela logo se arrisca para ajudá-lo num jogo perigoso de perseguições. Argus logo descobre que Lorelei é sua única esperança de salvação, e que seu desejo pode ser a mais importante arma para combater seus inimigos.
O escolhido é o quarto livro da saga da família Wherlocke, cujo personagem principal, Argus Wherlocke, tem o dom de hipnotizar as pessoas pelo olhar e pela voz. Argus é da mesma família de Chloe, Penelope e Alethea, personagens apresentadas nos livros A Vidente, A Sensitiva e A Intuitiva.



 Almanaque das Música Pop nos Cinemas de Rodrigo Rodrigues –   Por que algumas trilhas sonoras são tão nostálgicas? Como as canções interagem com os filmes? Quais foram as trilhas que marcaram gerações?
O almanaque das trilhas conta as histórias por trás das soundtracks (trilhas dos filmes) e mostra como surgiu a invasão da música pop no cinema a partir dos anos 1950 até os dias de hoje. De Elvis aos Beatles, de Stepenwolf aos Bee Gees, de Cindy Lauper à Alanis Morissette, de Aerosmith a Bruce Springsteen. São quase 120 filmes e milhares de curiosidades. Bandas que foram criadas a partir do sucesso de um filme, astros que foram descobertos depois de interpretarem um grande músico, filmes que tiveram novo roteiro a partir da escolha de uma trilha… Enfim, um mundo de curiosidades sobre música e cinema, unidos pela trilhas que embalaram gerações e são as mais lembradas até o dia de hoje. Let’s get it on!

15 de mai de 2012

Lançamento: Hades

Segundo livro da trilogia de Alexandra Adornetto traz de volta a heroína Bethany Church, um anjo no corpo de adolescente, que agora será levada às profundezas do inferno


Hades é a continuação de Halo, livro que entrou na lista de best-sellers do New York Times uma semana após ser lançado, em 2010, quando a autora Alexandra Adornetto tinha apenas 18 anos. Munida de uma mitologia original, Alexandra tece uma narrativa que carrega o frescor da série Harry Potter combinado à abordagem cuidadosa dos dilemas juvenis que fizeram de Crepúsculo um fenômeno. O livro é um lançamento da Editora Agir.
Bethany Church é um anjo no corpo de uma adolescente, enviado para combater as forças das trevas. Se em Halo ela estava se acostumando com a vida na Terra e lidando com os dilemas da idade, em Hades ela será levada às profundezas do inferno – e lá terá contato com o lado mais sombrio da natureza humana.
A trilogia, que será concluída em Heaven, ganha um segundo capítulo repleto de ação e reviravoltas, no qual a batalha entre anjos e demônios cresce a patamares assustadores. Mas o elemento central da narrativa continua sendo o poder do amor, capaz de reduzir diferenças e promover a harmonia entre os mais diversos grupos.