7 de jul de 2012

Resenha: Hades




Título: Hades
Autor: Alexandra Ardonetto
Editora: Agir
Páginas: 336
Ano: 2012
Assunto: Literatura Estrangeira Romances

Sinopse: Bethany Church é um anjo enviado à Terra para combater as forças das Trevas. Apaixonar-se nunca fez parte da sua missão, mas o vínculo entre ela e seu namorado mortal, Xavier Woods, é forte. Mas mesmo o amor de Xavier e os cuidados de seus irmãos anjos, Gabriel e Ivy, não impedirão que Beth seja levada a um passeio de moto que acabará no Inferno. Lá, o demônio Jake Thorn não permitirá que Beth volte à Terra e pedirá a ela algo que poderá destruí-la e também a seus familiares.





Hades é a continuação de Halo.
Após os acontecimentos do 1º livro, a vida de Beth e Xavier está tranquila, os dois aproveitando o tempo que tinham juntos como sempre grudados um no outro. Incomodando as amigas de Beth por sempre estar com Xavier, elas a forçam a passar um tempinho só entre garotas durante a festa de dia das bruxas. As amigas cismam em fazer uma sessão espírita na casa abandonada onde seria o local da festa. Beth não estava nem um pouco a vontade com aquilo, pois sabe que não se deve tirar a paz dos mortos, mas não queria deixar suas amigas desprotegidas caso acontecesse algo.
E aí começa o pesadelo da Beth, Xavier, Ivy e Gabriel. Não vou entrar em detalhes para não estragar logo o começo do livro. Mas pela sinopse, já sabem quem aparece e onde ela vai parar...

Beth não consegue se acostumar ao Hades, mais conhecido como Inferno, não tem como esperar que um anjo fique numa boa curtindo o inferno, né?! Não sei de onde o Jake pensou que Hades seria um lugar onde Beth conseguiria passar a eternidade, muito menos ao lado dele.
A obsessão que Jake tem pela Beth não tem limites, mesmo ela correndo perigo, ele não iria abrir mão dela. O que eu me pergunto é de onde que essa obsessão começou, porquê não acho que ele a tenha visto pela primeira vez em Halo, pelo menos não pareceu isso quando eu li. Pensei que neste livro iria falar um pouco sobre isso, mas ainda estou curiosa.

Vários personagens novos aparecem neste livro, uns antigos dão uma passadinha rápida. Dois dos novos personagens se destacam mais no livro, dão força e fazem companhia a Beth.

A diferença entre Halo e Hades é que no segundo tem sempre algo acontecendo, quando Beth não estava fazendo nada no inferno, ela conseguia dar uma espiada no que seus irmãos e Xavier faziam na Terra para resgatá-la, então não teve nenhum momento de tédio durante Hades. Mas uma coisa continuou em Hades,  esse livro tem tendências católicas explicitas!!! Talvez nem todos perceberão isso, mas está lá.

Gostei mais de Hades porque tem mais ação que Halo, mais cenários também, e aparecem mais personagens, não fica focado só no casal e nas boas ações. Também deu para saber mais um pouco sobre os poderes da Beth.

Quando chegou no final e voltou aquele romance meloso da Beth e do Xavier, eu fiquei desanimada, mas aí, nas últimas linhas acontece algo que eu fiquei: Cadê o próximo livro?!?!?!
E agora é aguardar para matar a curiosidade.

Um comentário:

  1. Adorei a resenha!!
    Nossa tenho “Halo” a muito tempo, acho que foram uns dos primeiros que eu comprei, que infelizmente até hoje não li.
    Que bom que “Hades” tem mais ação do que “Halo”, por que quando um livro está parado não dá muito animo para ler.
    O próximo livro espero que não demore, odeio quando uma editora demora muito a lançar a sequência da série.
    Beijos,
    Bruna Camposs

    ResponderExcluir