18 de jul de 2012

Resenha: Tempest



Hi Angels e leitores do Resumo recebi do selo Jangada, da Editora Pensamento-Culturix, o livro Tempest. Queria muito ler depois que vi a capa e a sinopse. Já de cara me despertou uma dúvida. Será uma cópia do Efeito Borboleta? Sim, aquele filme que o carinha volta no tempo e consegue modificar tudo por causa da garota?
Então, ele se parece muito, mas de longe é igual. Ele conta a história de Jackson Meyer, 19 anos, apaixonado por sua namorada, Holly e tem um único amigo, hacker, o Adam e claro ele pode voltar no tempo. Mas não para todo o tempo antigo. Ele só pode ir para onde ele esteve e não consegue levar nada para o tempo real.
A Summit comprou os direitos do filme, logo mais estaremos vendo a história do Jackson. Mas sabe o que me deixa mais intrigada. É que a história é leve, sinto como se conhecesse os personagens há tempos e claro sofri com a revelação contida na trama.
Se prende o leitor? Claro. Esse foi o primeiro livro Y|A que eu não desconfiei do final. Tudo parece muito presumível. Mas nada é o que parece ser. Aos 14 anos Jackson ainda tinha uma irmã gêmea, a Courtney. Ela adoeceu de câncer e nenhum médico pode ajudar a curar a irmã. Ok, você me perguntaria “por que ele não volta no tempo e faz a doença sumir?” porque querendo ou não ele é do futuro e temos mais recursos agora do que antes. Mas ele não pode mudar o passado.
Até que algo acontece e ele se vê preso em 2 anos antes, o seu EU estaria com 17 anos. O que ele terá que fazer para voltar ao seu tempo? Você se pergunta como ele foi parar no passado e não voltava? Simples. A Holly, sua namorada, tinha sido baleada.

Nota da Milena: Um livro tenso. Mas não tenso de chato. Tenso por causa da tensão causada pela viagem no tempo, pelo horror da cena do Jackson com a Holly, das descobertas feitas ao passar do tempo. O carinho que ele tinha pela irmã... É uma leitura que recomendo a todos! 

Nota:


Serviço:


Título Original: Tempest
Autor: Julie Cross
Tradutor: Denise de C. Rocha Delela
ISBN 9788564850095
Gênero: Ficção - literatura juvenil
Páginas: 368
Editora: Jangada




Parceria:





Um comentário:

  1. Parece bom, além de que todo mundo fez muita campanha do livro no Facebook.
    Me deu uma vontade de lê-lo, ando sentindo falta de Ya's! A estória parece um pouquinho clichê, mas o que um bom conteúdo não faz? Um clichê pode ser legal se for bem escrito!
    Enfim, editora Jangada investiu bem!

    ResponderExcluir