3 de mar de 2013

Resenha de A Janela de Overton

Informações
Autor: Glenn Beck
Titulo: A Janela de Overton
ISBN: 9788563219350
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2011
Edição: 1
Número de páginas: 384
Formato/Acabamento: 16x23x2,5
Peso: 0.54 kg
Preço Sugerido: R$ 34.90
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: JORNALISTICO 

  

Sinopse: Um plano para destruir os EUA vem sendo preparado há cem anos, e agora está prestes a ser colocado em prática... Alguém será capaz de impedi-la?

E se você descobrisse que tudo em que você acreditou até hoje não passa de uma grande farsa? Que a roupa que você veste todos os dias pela manhã, assim como o carro que você dirige não são escolhas suas? Que o governante que você elegeu na última eleição para comandar sua cidade e seu país também não depende de você? E se chegasse à conclusão de que toda autonomia e livre-arbítrio que você julga ter, na verdade, atendem a um outro comando que não as suas ideias e a sua própria vontade?

Por Luciana M.
Noah tinha uma vida comum até conhecer Molly, uma mulher que luta com todas as suas forças pelo seu ideal, fazendo com que Noah mude totalmente a direção de sua vida.
O Noah se dá mal a partir do momento que ele pôs os olhos nesta mulher, e apesar de tudo que ela fez com ele, ele ainda fica do lado dela. Por isso eu não simpatizo muito com o romance deles, mesmo que ela tenha sentimentos por ele, eu não sou a favor deles ficarem juntos.
O pai do Noah é um cara poderoso, e no final eu achei que ele beira a loucura, o que ele pretende fazer para obter o sonho dele não tem limites, é alguém perigoso para se ter como inimigo, o filho que sabe...

No início, Danny pareceu ser um cara metido por causa da fama que tem dos seus programas pela internet, mas quando ele teve que fazer parceria com o agente Kearns, ele se tornou querido. Pra mim, a melhor coisa do livro foi essa parceria, queria que tivesse mais destaque que Noah e Molly, eles fizeram coisas mais interessantes.

É muita política no livro, eu achei muito cansativo ler citações de gente que eu não conheço.
A conspiração me decepcionou um pouco, esperava por algo que fosse mais impressionante, e essa coisa de usar o passado pra consertar o país não me empolgou nem um pouco. Por isso que Danny e Kearns que estavam realmente agindo, foram mais interessantes, porque o Noah tava de gaiato a maior parte do livro, ele tava é interessado na Molly, ela estava focada no que precisava fazer para conseguir informações e depois tentou fazer alguma coisa quando soube que aconteceria algo enorme, mas acabou fugindo e não fez nada que impedisse.

Como adoro conspirações, eu esperei demais da história e não recebi o que eu esperava. Acho que “A Janela de Overton” é bem direcionado para os norte-americanos do que pra quem não mora lá.


Avaliação:

0 comentários:

Postar um comentário